Saiba tudo sobre o ácido hialurônico

sérum de ácido hialurônico

Imagine um único ativo capaz de fazer uma superproteção hidratante na sua pele, e na medida que ele se multiplica é criada uma camada preenchedora que previne rugas e linhas de expressão. É isso que o ácido hialurônico faz.

O ácido hialurônico é produzido naturalmente pelo nosso corpo até os 25 anos.  Ainda bem que sua reposição é possível como o uso recorrente de cosméticos ou tratamentos que proporcionam uma pele mais jovem e firme.

Saiba tudo sobre este ativo, muito estudado pelos maiores institutos de pesquisa do mundo!

O que é ácido hialurônico?

É um nutriente produzido pelo corpo. Seu papel é atuar na hidratação intracelular, garantindo a resistência e sustentação da pele, além de reforçar a reparação de tecidos, uma vez que é capaz de reter água até mil vezes o peso da sua própria estrutura. Sim, é impressionante. 

Com o processo normal de envelhecimento, esse ativo vai reduzindo sua velocidade de produção, especificamente a partir dos 25 anos, isso porque o corpo tende a perder a capacidade de reter água. Mas a boa notícia é que você pode fazer sua reposição de diferentes formas, da mais acessível, à mais complexa, em todas as fases da vida, para ter uma pele saudável, viçosa e macia. 

Como utilizar o ácido hialurônico na pele 

mulher usando ácido hialurônico na pele

Todo o conjunto de hábitos da sua vida impactam na saúde da pele: do estresse à exposição solar. Portanto, de forma resumida, a rotina skincare facial e corporal deve ser composta por hidratação e proteção. O ácido hialurônico é um ativo incrível para qualquer tipo de produto pois realiza essas duas etapas em qualquer fórmula.

Mesmo as peles oleosas precisam priorizar a hidratação, pois é muito importante para controlar a produção de sebo. Ou seja, mantenha sempre na sua necessaire um bom protetor solar de textura seca (ou “matte”) e um hidratante facial com ácido hialurônico não oleoso.

É possível fazer a reposição?

Muitos cosméticos e procedimentos estéticos possuem esse ativo para devolver a viçosidade da pele, reduzindo ou prevenindo o aparecimento de rugas. Seus formatos são diversos: sérum, produtos em creme, até injetáveis (como o preenchimento facial). A maior vantagem é que não há restrição de uso. Já que é produzido naturalmente pelo nosso organismo, nenhuma pele rejeita o uso do ácido hialurônico. 

Toda reposição injetável deve ser acompanhada de um profissional qualificado, pois se a introdução da substância em gel for feita em uma veia, pode prejudicar a circulação sanguínea a ponto de causar necrose na região. 

Não deixe de introduzir na alimentação fontes de proteína saudáveis, como o salmão, e alimentos que são ricos em vitaminas do complexo A, B e C, que estimulam a produção do ácido hialurônico, como folhas verdes escuras e frutas cítricas. 

O êxito do nutriente varia de acordo com um fator chamado peso molecular, que explicaremos a seguir.

Qual a diferença dos pesos moleculares do ácido hialurônico? 

Para atingir as camadas mais internas da pele (a derme), o peso molecular deve ser o menor possível, assim consegue também regular a oleosidade de dentro para fora.  É o que chamamos de ácido hialurônico de baixo peso molecular. Na medida que o peso molecular vai aumentando, sua capacidade de hidratação é bem alta, mas não penetra tão profundamente, ou seja, é um super protetor das agressões externas.  

Como o ácido hialurônico age nas olheiras estruturais e rugas

O preenchimento facial é hoje o procedimento estético mais popular, por conta da sua ampla possibilidade de aplicação, e principalmente no preenchimento de olheiras estruturais. Isso porque para este tipo de olheira, é o único tratamento que consegue de fato nivelar em um aspecto harmonizado a região, melhorando a sombra que a própria estrutura facial gera ao redor dos olhos. 

As rugas também são preenchidas por métodos injetáveis, mas uma opção mais acessível para manter a região dos olhos com aspecto mais jovem é usar um sérum anti-idade com ácido hialurônico, que promova o preenchimento de rugas ou linhas de expressão de forma gradual. 

Como o ácido hialurônico age no cabelo

Como explicamos, este nutriente tão popular tem alto potencial umectante, por isso também é considerado um excelente ativo para tratamentos capilares.

Quando a cutícula externa do fio está fragilizada pelo impacto de calor, entre outros fatores, ela abre e expõe a estrutura aos danos. Uma das formas de evitar essa abertura é usando produtos como condicionador e shampoo com ácido hialurônico, pois o ativo promove uma limpeza hidratante, ao mesmo tempo que auxilia no preenchimento e restauração da fibra capilar. O resultado são fios mais flexíveis, com a elasticidade ideal.

Para reforçar o efeito hidratante de produtos para o cabelo, opte pelo uso de uma linha completa do ativo, como é o caso da Meu Liso Spa, da Salon Line, composta por shampoo, condicionador, máscara capilar – excelente para a etapa de restauração de um cronograma capilar, pois faz a reposição da massa – e um dos produtos mais importantes para manter os fios saudáveis: um bom defrizante, protetor térmico.

 

Resumo sobre o que é ácido hialurônico

  • É um nutriente produzido pelo corpo. 
  • Seu papel é atuar na hidratação intracelular, reforçar a reparação de tecidos e promover resistência e sustentação da pele, evitando rugas e linhas de expressão.
  • Ele reduz sua produção a partir dos 25 anos, mas pode ser reposto ao longo da vida com procedimentos estéticos e cosméticos. 
  • Ácido hialurônico de baixo peso molecular é ideal para cosméticos de tratamentos hidratantes mais intensos, como controle de oleosidade.
  • Recomendação de cosméticos para a pele com ácido hialurônico: hidratante facial em gel, da Nivea
  • Recomendação de tratamento capilar com ácido hialurônico: linha Meu Liso Spa, da Salon Line 
  • Recomendação de produto para amenizar rugas e linhas de expressão: sérum facial, da Vult

Gostou deste conteúdo? Confira no nosso blog diversos posts com dicas de beleza, esclarecendo todas as suas dúvidas sobre maquiagem, cabelo, cuidados com a pele e unhas.