Pés ressecados? Descubra como tratar e acabar com o problema!

No dia a dia, temos o costume de voltar a nossa atenção aos cuidados com o rosto e áreas específicas do corpo. Enquanto isso, outras partes são ignoradas e, a longo prazo, acabam sendo impactadas com o surgimento de alguns problemas. Entre os principais incômodos estão os pés ressecados. 

Naturalmente, essa área já é mais seca do que as demais. Mas, em paralelo, existem algumas práticas que colaboram para o agravamento desse efeito, como o uso constante de sapatos abertos e o hábito de andar descalço. 

Por isso, se você deseja reverter o quadro e manter a pele dos pés sempre lisinha e macia, será preciso realizar mudanças em sua rotina. Quer saber quais são elas? Não saia daí! Neste post, te ensinamos truques de especialistas e, de quebra, indicamos opções fantásticas de creme para pés ressecados. Vem!

Pés ressecados: causas mais comuns

De nada adianta investir em alguns segredos para combater os pés ressecados se, no fim, você não consegue combater a verdadeira causa do problema. Portanto, a primeira indicação é entender as razões responsáveis por esse efeito.

A princípio, existem vários motivos para o surgimento do pé rachado. Entre eles, destacamos os seguintes: 

  • Queda da temperatura
  • Pele tradicionalmente seca; 
  • Hereditariedade; 
  • Hábito de utilizar chinelos, sandálias e rasteirinhas frequentemente; 
  • Prática de andar com os pés descalços; 
  • Utilizar lixas em excesso no calcanhar; 
  • Processo de envelhecimento.


Fique de olho!

Fora esses fatores, existem algumas doenças que também causam rachaduras e ressecamento nos pés. Assim, é necessário conferir quais são elas e, se for o caso, sair em busca do melhor tratamento médico. Veja: 

  • Complicações no sistema vascular; 
  • Diabetes; 
  • Micose; 
  • Hipotireoidismo; 
  • Psoríase; 
  • Alergias e irritações dermatológicas; 
  • Obesidade.

Saiba como hidratar os pés ressecados

Seja qual for a causa dos seus pés ressecados, uma coisa é fato: para driblar o problema, você precisará ter a hidratação como uma grande aliada. Esse procedimento deverá ser realizado todos os dias, preferencialmente à noite. 

O motivo? É durante a hora do sono, quando ficamos em repouso, que o corpo consegue absorver melhor os nutrientes presentes nos cosméticos. Assim, a recomendação é sempre deixar um bom produto ao lado da cama, bem à mão, sobre a sua mesinha de cabeceira.  

O melhor creme para pés ressecados e rachados

Neste momento, você também deve estar se perguntando: “qual o melhor creme para pés ressecados?”. Isso porque, o mercado de beleza está repleto de itens, cada qual indicado para uma necessidade diferente. 

Para não ter erro, na hora de ir às compras, prefira as versões formuladas à base de vaselina e ureia. Tais ativos são extremamente potentes e ajudam a proteger a pele contra a temida desidratação. Existem também outras opções, como os produtos compostos por óleos e manteigas. 

Espia só a nossa listinha de favoritos:

Escolha as meias certas para usar após a hidratação

Muito além de escolher um bom creme para pés ressecados e rachados, você precisará seguir outros cuidadinhos ao longo do dia. Um deles é escolher as meias mais adequadas para a hora de dormir. 

Aqui, sugerimos os modelos confeccionados em algodão. Devido às suas fibras naturais, essas versões permitem que a pele do pé respire melhor e, consequentemente, facilite a absorção do creme hidratante durante toda a noite. 

Em lojas especializadas, é possível encontrar opções para todos os gostos e até estilos diferentes. Caso queira estender a hidratação para a parte superior da perna, prefira as alternativas de cano longo. Vai ser top!


Realize uma esfoliação moderada

A esfoliação é super importante para eliminar as células mortas e promover a renovação da derme. Contudo, é necessário tomar cuidado com a frequência com que esse procedimento é realizado. A recomendação é esfoliar uma vez por semana — desde que ela seja leve e os seus pés estejam extremamente rachados.

Em condições normais, e caso você queira se prevenir contra o ressecamento, o tratamento pode ser feito uma vez por mês. Para tanto, é possível escolher um bom esfoliante para os pés, ou também, utilizar produtos caseiros. 

Esse é o caso do açúcar ou dos grãozinhos de fubá. Ambas as opções podem ser misturadas em um pouco de creme hidratante ou sabonete líquido. Realize o procedimento durante o banho, promovendo movimentos circulares e suaves.


Cuidado ao andar com os pés descalços

Como mencionamos, o hábito de andar sem sapatos também faz com que as solas — e os calcanhares — fiquem mais espessos e ressecados. Em geral, isso acontece por conta do atrito da derme com o chão. 

Quando caminhamos, é normal que a pele sofra uma compressão, exigindo uma proteção maior para não ficar áspera ou com rachaduras.
A solução não poderia ser diferente: sempre utilize um chinelinho macio ou pantufa para andar em casa. Ao sair para cumprir os seus compromissos, utilize sapatos fechados. Tênis, botas e sapatilhas estão nessa lista.


Dicas bônus da Rede

  • Após o banho, seque bem os pés. Algumas rachaduras são causadas por fungos e bactérias presentes em superfícies úmidas; 
  • Não tome duchas quentes demais. A água em temperatura elevada consegue remover toda a proteção natural da derme, deixando-o mais seca; 
  • Use palmilhas. Elas são ótimas para impedir o atrito e, de quebra, reduzem o impacto durante a caminhada.

Viu só? Aprender como cuidar de pés rachados e ressecados é mais fácil do que você imagina! Agora, basta colocar essas dicas em prática e conquistar um visual impecável, digno de princesa.

Se você curtiu o post e quer continuar acompanhando outras dicas assim, não perca tempo: siga agora mesmo o nosso perfil no Instagram. Lá, dividimos truques de beleza, promoções e outros conteúdos que vão fazer milagres em sua rotina de beleza. Até mais!

7.3.27