Newsletter CADASTRE-SE E RECEBA NOTÍCIAS EXCLUSIVAS:

A conquista da autoestima!

A conquista da autoestima!

Por Adriana Buzelin

Um sentimento tão importante que não deveria nunca deixar de estar conosco.

A autoestima, ao contrário do que muitos pensam, é um sentimento muito difícil de se conquistar, por inúmeros fatores.

Foto: Amira Hissa

Foto: Amira Hissa

Infelizmente, nossa sociedade nos impõe padrões de beleza sem perceber que a beleza é relativa e está na diversidade. Por isso, muitas vezes nos pegamos insatisfeitos com nossa aparência, querendo estar dentro de padrões quase inalcançáveis e exigindo de nós mesmos posturas que nada têm a ver com nosso universo.

Em um mundo tão miscigenado e repleto de diversidade, nada mais saudável do que valorizar nossas raízes e nossas particularidades. Assim é a beleza, cheia de particularidades tão nossas.

Ao contrário do que a sociedade prega, se sentir bela vai além de ser estar com todas as medidas perfeitas, é se sentir bela mesmo usando uma cadeira de rodas a tornando como um acessório de estilo. É abusar de roupas que lhe caem bem, é descobrir nas roupas a valorização do seu perfil, é ousar das cores usando as sempre a seu favor. Nada melhor que uma pele saudável, nas têmporas aquele tom que remete o frescor do verão, na boca um ar de sensualidade e nos cabelos aquele aroma que é apenas seu. Abusar dos cílios e se sentir leve como borboletas.

Foto: Alessandra Duarte

Alessandra Duarte

Para se conquistar a autoestima é importante, antes de tudo, aceitar-se. Orgulhar-se de suas características, que são únicas, e se valorizar. Valorizar todas as nossas curvas, todos os detalhes, todas as imperfeições, todas as nuances de nossa personalidade. Tudo isso contribui para que você seja uma pessoa única. Uma vez conquistada, a sensação é ímpar, e daí por diante nada será como antes.

Será um olhar no espelho, um apreciar de um detalhe, um flerte de uma pessoa que passa por você, a segurança na hora de se vestir e de se posicionar em público, a satisfação de deixar a alça do vestido cair…

É a sensação de liberdade que nos traz felicidade e a satisfação de ser você mesma.

Seja como o vento, seja livre, seja fluido e se ame!

Breve Descrição: Adriana Buzelin é relações públicas e foi modelo publicitária antes de se acidentar. Após ensaios fotográficos percebeu que ainda poderia atuar como modelo inclusivo. É a primeira modelo agenciada pela Agência de modelos com algum tipo de deficiência Kica de Castro. Criadora e editora da Revista Digital Tendência Inclusiva, Adriana luta pela inclusão social, pela diversidade em todos seus aspectos, pelas mulheres e pela aceitação das diferenças.

1 Response

  1. Andréa Basílio

    Parabéns Adri é isso mesmo, a beleza está dentro de nós na nossa essência, nas atitudes perante o mundo!!!Devemos ser os primeiros a nos amar!!

Deixe um comentário